Instituto Butantan diz que deve entregar vacina CoronaVac para imunizar crianças de 3 a 4 anos em meados de setembro

  • 09/08/2022
  • 0 Comentário(s)

Instituto Butantan diz que deve entregar vacina CoronaVac para imunizar crianças de 3 a 4 anos em meados de setembro

Atualizado às 15hs15min. - Por FM Educativa

O Instituto Butantan estima que conseguirá entregar lotes de CoronaVac para vacinar contra Covid-19 crianças de 3 a 4 anos em meados de setembro. O Distrito Federal e o Rio de Janeiro interromperam a vacinação com o imunizante.

O Instituto voltou a importar Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) da China para iniciar a retomada da produção em solo brasileiro, após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar a imunização desse grupo.

"A decisão foi tomada com o intuito de disponibilizar, o mais rápido possível, o imunizante à pasta e a previsão de entrega pelo instituto é em meados de setembro. O Butantan dialoga constantemente com o Ministério da Saúde e aguarda posicionamento oficial da pasta sobre as ofertas de venda da vacina CoronaVac ao Programa Nacional Nacional de Imunizações (PNI)", disse o Instituto ao g1 em nota.

A CoronaVac voltou a ser incluída no Programa Nacional de Imunização (PNI), mas as tratativas de compra e definição de calendário para vacinar as crianças ainda segue sem definição pelo Ministério da Saúde.

A vacinação dessas crianças tem sido feita no país de forma isolada e independente em cidades que tinham lotes da vacina disponíveis.

No final do mês passado, o governador Rodrigo Garcia disse que serão importados 8 mil litros do produto da farmacêutica Sinovac para a produção de 10 milhões de doses do imunizante.

O governador chegou a afirmar que as vacinas estariam liberadas em agosto - o que não irá ocorrer. O estado diz que usou recursos da Fundação do Instituto Butantan para viabilizar essa importação.

Desembarque de carga vinda da China com 6 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da CoronaVac, vacina contra Covid-19 do Instituto Butantan, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, em Guarulhos (SP), neste sábado, 26 de junho de 2021 — Foto: PAULO LOPES/BW PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODesembarque de carga vinda da China com 6 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da CoronaVac, vacina contra Covid-19 do Instituto Butantan, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, em Guarulhos (SP), neste sábado, 26 de junho de 2021 — Foto: PAULO LOPES/BW PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Secretaria Estadual da Saúde afirma que caso o Ministério da Saúde não faça a compra dos imunizantes que serão produzidos, São Paulo irá vacinar as crianças do estado com essas doses.

O Instituto Butantan é fornecedor da CoronaVac para todo o Brasil. Só no estado de São Paulo são 1,1 milhão de crianças nessa faixa etária.

Início da vacinação na capital

No final de julho, a cidade de São Paulo iniciou a vacinação contra a Covid de crianças de 3 e 4 anos com comorbidades, deficiência ou indígenas nesta quarta-feira (20).

A capital tem cerca de 15 mil crianças com comorbidades nestas idades.

Fonte e Foto: G1

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AutoDJ

Programação Automática

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Simone & Simaria

Amiga

top2
2. Raí Saia Rodada

Cheiro do mato

top3
3. João Gomes

Ela não vai voltar

top4
4. Mari Fernandes

Teu amigo cuidou

top5
5. Leonardo

Sangue de gelo

Anunciantes