Dinheiro público: Bolsonaro usou cartão corporativo para pagar passeios de moto e guloseimas

  • 23/01/2023
  • 0 Comentário(s)

Dinheiro público: Bolsonaro usou cartão corporativo para pagar passeios de moto e guloseimas

Atualizado às 13h56min. - Por FM Educativa

Cartão corporativo: notas fiscais de Bolsonaro incluem gastos com guloseimas, antidepressivos e combustível para motociata

Notas fiscais de compras feitas com o cartão corporativo da Presidência da República, na gestão Jair Bolsonaro, indicam que o dinheiro público foi usado para comprar combustível para motociatas, remédios de uso controlado e até guloseimas.

O material foi obtido pela agência Fiquem Sabendo, especializada em pedidos pela Lei de Acesso à Informação, e começou a ser divulgado nesta segunda-feira (23). Os membros da agência trabalham, nesta semana, para digitalizar e tornar públicos os dados.

No último dia 12, também em resposta à Fiquem Sabendo, o governo federal divulgou os dados dos cartões corporativos da gestão Jair Bolsonaro –em geral, essas informações ficam em sigilo até o fim do mandato de cada presidente.

A Secretaria-Geral da Presidência da República também passou a divulgar, no site oficial da pasta, os dados dos cartões corporativos de 2003 a 2022.

Até esta segunda, no entanto, estavam disponíveis apenas os valores de cada transação. Com as notas fiscais agora públicas, será possível saber também o detalhamento de cada compra.

Veja alguns dos itens que constam nas notas do cartão corporativo da presidência

Carne

Entre as notas, há uma de 24 de junho de 2019 no valor de R$ 3.202,06. Somente naquele dia, Bolsonaro gastou mais de mil reais em cortes de carnes. Foram R$ 372 em filé mignon, R$ 218 em filé de costela, 131 em lagarto, R$203 em picanha e R$165 em filé de frango.

Nota do cartão corporativo da Presidência da República indica mais de mil reais gastos em cortes de carnes em um único dia  — Foto: Governo Federal/ReproduçãoNota do cartão corporativo da Presidência da República indica mais de mil reais gastos em cortes de carnes em um único dia — Foto: Governo Federal/Reprodução

Antidepressivos

Uma nota registrada em abril de 2019, no valor de R$ 272,30, mostra a compra de dois medicamentos: Lexapro e Rivotril.

Os medicamentos são usados para tratar depressão e outros transtornos de humor e ansiedade.

Notas do cartão corporativo da Presidência da República indica gastos com remédios antidepressivos — Foto: Governo Federal/ReproduçãoNotas do cartão corporativo da Presidência da República indica gastos com remédios antidepressivos — Foto: Governo Federal/Reprodução

Motociatas

Em um dos documentos que acompanham as notas fiscais e destacados pela agência Fiquem Sabendo, consta um pedido de "apoio administrativo complementar" para abastecer motocicletas oficiais e descaracterizadas da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Os veículos, segundo o documento, seriam usados para uma motociata de Jair Bolsonaro em São Paulo. Os eventos eram apenas manifestações públicas de apoio ao então presidente, e não envolviam qualquer ação de governo.

Documento indica pedido de abastecimento de motos oficiais e descaracterizadas para motociata de Jair Bolsonaro — Foto: Fiquem Sabendo/ReproduçãoDocumento indica pedido de abastecimento de motos oficiais e descaracterizadas para motociata de Jair Bolsonaro — Foto: Fiquem Sabendo/Reprodução

Foto: MARX VASCONCELOS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Fonte: G1

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AUTO DJ

MUSICAL 104

00:00 - 05:55

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Simone & Simaria

Amiga

top2
2. Raí Saia Rodada

Cheiro do mato

top3
3. João Gomes

Ela não vai voltar

top4
4. Mari Fernandes

Teu amigo cuidou

top5
5. Leonardo

Sangue de gelo

Anunciantes